sexta-feira, 16 de março de 2012

VALSA

O piscar dos olhos,
O piscar da vida;
Dos olhos que são nossos,
Da vida que nos foge.

O virar das folhas,
O virar dos sonhos;
Das folhas que rasgamos,
Dos sonhos que se vão.

O tocar das teclas,
O tocar das mãos;
Das teclas onde nascem canções,
Das mãos que vão embora.

O passar dos pés,
O passar do tempo;
Dos pés que param e ficam,
Do tempo que nos leva tudo.

(Luciene Lima Prado)

11 comentários:

  1. Muito lindo o valsar da vida em seus versos.Beijos.

    ResponderExcluir
  2. ...Do tudo que parece pouco
    E desse pouco que parece vida
    Da vida que levamos muito
    De alma pouco dividida.." Você viu, dei uma continuidade aos seus versos.Muito legal sua prosa minha amiga.Vim aqui retribuir sua visita e dizer que eu também, mesmo de longe,quando ligo semanalmente para minha mãe, peço sempre a benção dela.Um ótimo fds pra vc e os seus.Fique com Deus!Um bjo amigo, Rubi.

    ResponderExcluir
  3. No passo e no compasso da vida em amor...beijos de bom sábado.

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga!Acabo de postar em meu blog um pedido singelo aos amigos.Me perdoe se este comentário é "colado", mas tenho certeza que você saberá entender que agora "corro contra o tempo" para saber o TEMPO de cada um de vocês.Aproveito para desejar-lhe um ótimo domingo e um começo de semana abençoado e de muita paz.Estou lhe aguardando em meu blog!
    Fique com Deus!Abraço amigo, "Rubi".

    ResponderExcluir
  5. Bela analogia amiga, com criatividade este bailar pela vida como numa valsa que nos leva a uma circulação cadenciada e ritmica.Viver é este valsar e cumpre cuidar para que sempre tenhamos musica nesta bailar.
    Uma linda semana a voce.
    Carinhoso abraço Lu.

    ResponderExcluir
  6. - é sempre primoroso, e agradável vir aqui, a poesia faz de Luciene Lima Prado, uma composição feito compêndio de encômios, os versos flutuam, em órbita visível, e ai de nós se deixar passar um só verso sem lê-la. Ela amarga superficialmente ser intimista para com seu poemar, mas na verdade ela é muito é explicita poeticamente: "O piscar dos olhos/do tempo que nos leva tudo" com estes versos tão distintos transforma-los-ei, em aromas cristalizados nos espectros da fotometria, a irradiar coloridadamente o universo cósmico. Mário Bróis

    ResponderExcluir
  7. Uma bela semana a voce neste clima de renovação da fé.
    Meu carinhoso abraço amiga poetisa.

    ResponderExcluir
  8. OLÁ, querida Luciene
    Estive ausente pela Quaresma...

    "Renovar
    Perdoar
    Esquecer
    Corações aquecer!!!"
    (Orvalho do Céu)

    Páscoa é:


    "Coragem é a resistência ao medo,
    domínio do medo,
    e não a ausência do medo."
    (Mark Twain )

    SAIR DO PRÓPRIO TÚMULO

    Jesus libertou-me... enviou-me anjos para me soltar das amarras que me prendiam...

    Apóstolo Pedro: “precisamos dar razões que justifiquem a nossa Esperança” (1Ps 3,15).

    FELIZ PÁSCOA PARA TODOS NÓS!!!
    Abraços fraternos de paz

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, estou acompanhando a greve e envergonhado da irresponsabilidade destes governantes que insistem em não conversar e alocar recursos para uma justa remuneração aos professores, que sabemos ser historica esta falha.Claro que pensava que num governo proximo do social as coisas seriam diferente, mas ledo engano minha amiga.Parece que há uma amnesia neste povo.Que a luta seja gloriosa e que voces possam voltar de cabeça erguida.
    Meu carinhoso abraço.
    Oxalá tenha uma semana de paz.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  10. Querida
    O virar dos sonhos... forte e perfeito!!!
    Bjm de paz

    ResponderExcluir

Agradeço a todos pelos comentários! Tudo de melhor para vocês! Um abraço apertado!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...