quarta-feira, 8 de setembro de 2010

A CISMAR COM MEUS BOTÕES

Onde habita o riso
Que outrora nos espiava?

Foi-se ao chegar o siso
Com olhos de piaçava.

Mas se o riso já não está,
Que sorte será a nossa?

A alegria agora não há
Nem a quem curar nos possa.

Então nós devemos seguir
Sem o riso para nos espiar?

Um dia haveremos de sorrir
Como as aves que completam o mar.

(Luciene Lima Prado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço a todos pelos comentários! Tudo de melhor para vocês! Um abraço apertado!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...